Carne Nunca Mais
Pé-na-porta contra os robozinhos do sistema

Menino de sete anos morre ao treinar para rodeio no RS

O pequeno laçador Guilherme de Oliveira Jacques, sete anos, morreu no domingo, dia 29 de abril, depois de cair da égua em que costumava montar em André da Rocha, RS. O menino deixou cair a rédea e, quando tentou pegá-la, perdeu o equilíbrio e caiu – a égua teria se assustado e disparado, com Guilherme preso ao estribo pelo pé, sendo arrastado por 200 metros. Socorrido com diversas fraturas, o menino não resistiu aos ferimentos.
Filho de José Alberto Jacques, patrão do CTG Tropeiro Lagoense, Guilherme treinava laço para competições na região. A égua havia sido adquirida pela família dois anos atrás. Acostumado ao lombo dos cavalos desde os dois anos de idade, o jovem peão era conhecido pelos prêmios que conquistou como laçador.

Estudante do segundo ano da Escola Municipal Doutor Manoel Vieira da Fonseca, o menino seguia os passos do irmão mais velho, Jean, e do pai, acostumados a colecionar troféus em rodeios. O enterro foi na segunda-feira, dia 30 de abril, em André da Rocha, com acompanhamento de tradicionalistas de toda a região. A família Jacques tinha por tradição participar todos os anos dos rodeios de Veranópolis, promovidos pelo CTG Rincão da Roça Reúna.

Fonte: Jornal Panorama Regional

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: