Carne Nunca Mais
Pé-na-porta contra os robozinhos do sistema

Passo Fundo sedia primeiro Dia Internacional dos Direitos Animais oficial do país

Neste sábado, dia 12 de dezembro, a cidade de Passo Fundo, uma das maiores do Interior do Rio Grande do Sul, com cerca de 200 mil habitantes, vai sediar um inédito DIDA – o Dia Internacional dos Direitos Animais. Será o primeiro local do país a incluir a data no Calendário Oficial do Município, conforme lei aprovada no último ano. Os grupos locias CAPA e Com PaTA, e Vanguarda Abolicionista, de Porto Alegre, vão promover uma série de atividades visando a conscientização sobre a exploração dos animais e o especismo.

No sábado, às 8h, ativistas vão discutir o DIDA no programa ‘Por Falar em Ecologia’ da Rádio Diário AM. Às 9h, Feira de Adoção de Cães e Gatos realizada pelo Clube dos Amigos e Protetores dos Animais. Às 10h será celebrado culto ecumênico para abençoar os animais. A partir das 11h, distribuição de material impresso sobre os direitos animais à população de Passo Fundo.

Depois de uma pausa para almoço vegano, as atividades reiniciam às 14h com a inauguração do Ambulatório de Atendimento Veterinário Gratuito de Passo Fundo.

Às 16h, ativistas vão falar sobre o DIDA no programa ‘Avesso no Rário’, da Rádio UPF FM, e às 18h30min será exibido o documentário ‘A Carne É Fraca’, na Câmara Municipal de Passo Fundo. O sábado se encerra com confraternização vegana a partir das 20h30min.

No domingo, 13, mais atividades centradas no DIDA. Às 14h, na sede municipal do PSB, inicia um ciclo de exibição de filmes sobre Direitos Animais, seguido de debate. Durante todo o final de semana, panfletagem e distribuição de materiais produzidos em português pelo grupo alemão Vida Universal, e entrega de cópias da Declaração Universal dos Direitos Animais, do grupo inglês Uncaged, com coleta de assinaturas de autoridades e populares.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: